3 Mitos desvendados sobre unhas de gel

As unhas de gel vieram para ficar, mas ainda existem muitos receios sobre os resultados deste gel na saúde das unhas.

Há quem seja adepto total e nem queira ouvir falar em verniz normal, mas também existem muitas mulheres que se recusam a usar esta nova tendência.

Descubra o que é verdade e o que é mito nesta moda das unhas de gel!3 Mitos desvendados sobre unhas de gel

Em primeiro lugar, o que são unhas de gel?

A expressão unhas de gel utiliza-se quando é aplicado sobre a unha natural um gel que posteriormente é cozido numa espécie de forno próprio.

Este gel é espesso, brilhante e não poroso e permite estender o comprimento da unhas. Ao aplicar as unhas de gel, pode escolher o tamanho que preferir. Mais curtas, mais longas, ficando ao gosto do cliente.

Este gel pode ainda ser decorado com apliques ou outras cores e decorações.

Mitos sobre unhas de gel

Principais mitos sobre unhas de gel

1 – O gel torna as unhas naturais amareladas

As unhas ficarem amareladas é uma das queixas mais comuns das mulheres que utilizam unhas de gel, no entanto, não é o próprio gel que deixa as unhas amarelas.

Tanto no gel como no verniz normal existem várias qualidades. Um esmalte regular de má qualidade vai deixar a unha amarela. O mesmo acontece com o gel.

Atualmente já são poucos os vernizes que contém elementos que causam o amarelo na unha (como os ácidos), mas ainda existem.

Com o gel sucede precisamente a mesma coisa. Se optar por marcas reconhecidas no mercado e por profissionais competentes, serão utilizados materiais de qualidade que não vão causar este amarelo na unha.

2 – Unhas de gel podem causar fungos

Unhas de gel podem causar fungosSe a aplicação for bem efetuada e com materiais devidamente aprovados, não existe o perigo de criação de fungos.

No entanto, se o técnico, ao aplicar, não realizar todos os procedimentos necessários pode ocorrer o risco de criar fungos.

Este é um dos principais motivos para apenas fazer unhas de gel em locais devidamente qualificados para tal.

Se a aplicação for mal efetuada, podem ficar espaços entre a unha e gel o que vai facilitar a criação de fungos.

Para evitar qualquer perigo, não devem existir espaços com ar, incluindo nos cantos das unhas e cutículas.

3 – A remoção é muito abrasiva e deixa as unhas tipo “papel”

Muitas mulheres que experimentaram unhas de gel afirmam que ao remover o gel ficaram com as unhas muito finas, como se fossem de papel. Mais uma vez, tudo depende do local e do profissional que trata das suas unhas.Remoção das unhas de gel

A remoção do gel não é sempre necessária, pois pode-se apenas acrescentar gel na parte da unha que já cresceu.

No entanto, todas as mulheres gostam de variar na cor do gel e pedem, normalmente, a remoção completa.

Não há problema nenhum em trocar sempre o gel, desde que esta remoção seja bem feita.

Preferencialmente, a remoção deve ser feita através de lixa e não de produtos químicos, pois estes tendem a ser mais abrasivos a longo prazo.

No entanto, para não danificar a unha, é também necessária muita experiência e cuidado, porque ao retirar o gel pode-se acabar por lixar a unha deixa-la muito fina, como papel.

Nunca deve tentar retirar o gel em casa e sem os equipamentos necessários, pois vai sempre danificar bastante a sua unha natural.

3 Mitos desvendados sobre unhas de gel
2.7 (53.33%) 3 votes